Quarta-feira, 9 de Setembro de 2009

quote.

 

"A esperança supera a experiência - é assim que Deus se diverte com a raça humana."

(A character's line from the movie: 'A Good Woman' - seen today morning with the storm's company...)


publicado por Strelitzia5 às 12:29
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 7 de Setembro de 2009

"No teu deserto", Miguel Sousa Tavares

 

"... tinha 36 anos, e lembro-me por isso mesmo, porque foi o ano da minha vida em que me senti mais novo. Nem aos 25, nem aos 21, nem aos 18. Foi aos 36 anos de idade que eu me senti eternamente jovem, quase imortal ou, mais arrepiante ainda, indiferente à própria ideia de morte."

 

"Tudo em ti, não apenas os teus absurdos 21 anos: a própria maneira um pouco estouvada de caminhares, como se ainda não tivesses aprendido bem a andar, a maneira de parares, virar a cabeça e sorrir por cima do ombro, os teus ares de menina pequenina que precisa de ser embalada e que alternavas com vãs tentativas de parecer mulher adulta e sábia."

 

"Quando se zangava, a Cláudia não discutia nem levantava a voz, nem sequer respondia. Fechava a cara com um ar triste e desaparecia. (..) Quando voltava, sorria outra vez e eu estava desarmado."

 

"Era impossível resistir ... ao riso da Cláudia: era infantil, cristalino, nada ainda o tinha desgastado. Cabia lá dentro toda a ilusão do mundo."

 

"A voz era musical e segura, ao contrário dela que parecia ainda não mais do que uma miúda. Mas não era infantil, longe disso: tinha, sim, trejeitos de criança, que, conforme o meu humor, ora a tornavam insuportável, ora irresistível. Juntava em si essa fabulosa combinação entre uma mulher sensual e uma criança desprotegida - a Marilyn que todos os homens desejam poder proteger um dia.

Ah, e falta dizer o mais importante: era generosa, aventureira, inconstante, doce de alma e de voz."

 

"A Cláudia sempre gostou de desaparecer, mas isso não significava, de modo algum, que as coisas lhe fossem indiferentes."


publicado por Strelitzia5 às 18:50
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 6 de Agosto de 2009

Será?

   "O destino conduz o que consente e arrasta o que resiste."

Séneca.

sinto-me: gente sábia...

publicado por Strelitzia5 às 20:11
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 9 de Janeiro de 2009

Frases Agenda Paulo Coelho

 

coragem não significa ausência de temores, mas, sim a capacidade de não nos deixarmos paralisar.
 
o barco está mais seguro quando está na porto; mas não foi para isso que foram construídos os barcos.
 
o medo vai até onde o inevitável começa; a partir daí, perde o sentido. E tudo o que nos sobra é a esperança de que tomámos a decisão certa.
 
ninguém erra quando está a agir.
 

aqueles que dão um novo passo e ainda querem manter um pouco da vida antiga acabam dilacerados pelo próprio passado.

 

o medo de sofrer é pior do que o próprio sofrimento.

 


publicado por Strelitzia5 às 11:48
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 8 de Janeiro de 2009

Endings.

 

 

Excerto de «New Moon», p.71

 

"Fiquei surpreendida com a calma e moderação que se apoderaram da minha voz. Devia ser por estar tão abatida. Não conseguia entender o que Edward me dizia. Continuava a não fazer qualquer sentido.

- É claro que sempre te amarei... de certo modo. Mas o que aconteceu na outra noite fez-me perceber que está na hora de haver uma mudança. Porque estou... farto de fingir ser algo que não sou, Bella. Deixei que se arrastasse muito tempo e peço desculpa por isso. Tu não serves para mim, Bella. Gostaria, porém, de te pedir um favor, se não for demasiado... - disse ele.

Enquanto os observava, os seus olhos gelados derreteram-se, penetrando os meus de um modo ardente e com uma intensidade arrasadora.

- Cuida de ti. E em troca, faço-te uma promessa. Prometo que será a última vez que me vês. Não voltarei. Não tornarei a submeter-te a nada que se pareça com isto. Podes continuar a tua vida sem mais nenhuma interferência da minha parte. Será como se eu nunca tivesse existido. Não te preocupes, o tempo cura todas as feridas. Adeus, Bella.

- Espera! - consegui pronunciar.

Pensei que Edward também me tentava alcançar. Mas as suas mãos frias agarraram-me os pulsos e prenderam-mos junto ao corpo, de lado. Inclinou-se e, por um brevíssimo instante, encostou levemente os lábios à minha testa. Os meus olhos fecharam-se. - Cuida-te. - suspirou, num sopro frio ao tocar a minha pele.

Esperava desmaiar, mas, para minha desilusão, não perdi os sentidos. As ondas de dor que, anteriormente, me haviam apenas tocado ao de leve elevavam-se agora bem alto, precipitando-se sobre a minha cabeça, e empurrando-me para o fundo. Não voltei à tona.

 

Outubro.

 

Novembro.

 

Dezembro.

 

Janeiro.

 

Despertar - O tempo passa. Mesmo quando tal parece impossível. Passa de forma irregular, em estranhos avanços e pausas que se arrastam. Mas, lá passar, passa. Até para mim."

 


publicado por Strelitzia5 às 21:54
link do post | comentar | favorito

Excerto de "New Moon" que fez rir hoje no comboio

 

 

 

 

 

«-É novo de mais para mim. Jacob franziu o sobrolho mais acentuadamente. -Não é muito mais novo do que tu; apenas um ano e alguns meses. Tive a sensação de que já não estávamos a falar de Quill. Entretanto, mantive um tom de voz alegre e trocista. -Tendo em conta a diferença de maturidade entre os rapazes e as raparigas, não temos de calcular isso em anos de cão? Assim, ficava com o quê? Doze anos a mais? Ele riu-se, revirando os olhos. -Está bem! Se queres ser assim tão picuinhas, tens também de estabelecer uma média em termos de tamanho. Logo, és tão pequena que vou ter de subtrair dez anos ao teu total. - Um metro e sessenta e dois é uma altura mediana. - Funguei. - Não tenho culpa que sejas anormalmente grande.» - p.141

sinto-me: exausta do estudo académico...
música: ("epah ganda som, tenho mesmo bom gosto!")- by Sara Boi,hoje

publicado por Strelitzia5 às 19:25
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 31 de Agosto de 2008

Quotes

 

Love.

 

To fear love is to fear life, and those who fear life are already three parts dead. (Bertrand Russel)

 

Ones's first love is always perfect until one meets one's second love.

 

All love that has not friendship for its base, is like a mansion built upon sand.

 

True love brings up everything - you're allowing a mirror to be held up to you daily.

 

 

Laugh.

 

He deserves Paradise who makes his companions laugh.

 

Laughter is by definition healthy.

 

The most waisted of all days is one without laughter.

 

Always laugh when you can. It is cheap medicine.

 

You don't stop laughing because you grow old. You grow old because you stop laughing.

 

 

Poetry.

 

There exist only three beings worthy of respect: the priest, the soldier, the poet. - To know, to kill, to create.

 

A poem is never finished, only abandoned.

 

Words, once they are printed, have a life of their own.

 

Better to write for yourself and have no public, than to write for the public and have no self.

 

The pen is mightier than the sword.

 

The skill of writing is to create a context in which other people can think.

 

 

 


publicado por Strelitzia5 às 18:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 4 de Agosto de 2008

Excertos de Pedro Paixão

 

...antes de poderem dizer o que quer que fosse, se para tal encontrassem palavras. Transportam consigo o segredo da poesia.

 

O homem e a rapariga continuam sentados face a face, amando-se loucamente, sem se tocarem. Acreditam no amor, na frágil flor azul. Mesmo antes de se terem encontrado, alma diante de alma, nas redes electrónicas em que o amor atinge a estonteante velocidade da luz.

 

A poesia tornou-se insuportável. A poesia só sobrevive na loucura de duas pessoas que decidem amar-se, condenando-se à exaustão.

 

O soldado e a rapariga permanecem sentados na cama baixa olhando-se sem se tocarem. Se se tocassem o amor morreria no mesmo instante

 

Ela é uma rapariga decidida a levar até ao fim a poesia

 

Ali, fardada de igual a todas as outras, nem havia olhos que pudessem adivinhar a sua beleza. A beleza não me interessa... A beleza tende a tornar-se numa perigosa armadilha e a ilusão paga-se com desespero.

 

Para uma imagem, mesmo pouco nítida, é preciso mais: saber mais, imaginar mais, acreditar mais

 

Precipitadamente acontecem coisas que a todo momento nos alteram, modificando o mundo, matando o eu anterior para que possa ressuscitar o mesmo eu posterior, só que ligeiramente diferentes, ou então muito diferente. Como me reconhecer a mim mesmo?

 

Saudades de mim. De quem nunca fui.

 

A música não chega para salvar uma alma inquieta.

 

Pensava como a vida não era como devia, como as coisas não aconteciam como previsto, como o mundo persistia em feri-la.

Os olhos fechados, assim como o corpo fechado, eram a maneira que tinha de se proteger da violência das coisas, de reencontrar dentro de si a beleza da frágil flor azul.

 

Sentia-se apaixonado como pela primeira vez. Diante da face dela o mundo inteiro parecia-lhe supérfluo. Não conseguia deixar de a olhar, e quando não estava na sua presença de a imaginar na sua presença.

 

As palavras que trocavam eram tão físicas como todo o amor que se fizesse.

 

A mão dela cabia dentro da mão dele, como uma concha dentro de outra.

 

«Já reparaste no tempo que uma árvore leva a crescer? É um tempo muito lento, vagaroso. O nosso amor devia ser da mesma maneira.», disse ela, aproximado o seu corpo do dele. Ele manteve-se calado enquanto a imagem da árvore lhe trazia, por contraste, a ideia da fragilidade de tudo, e apertou com mais força a mão dela. Uma nuvem tapou o sol. O jardim parecia vazio e as duas almas juntaram-se numa só.

 

Nem a morte me quis, quanto mais o amor.

 

Pegava numa folha branca e começava a escrever. Era um mistério. Na folha apareciam frases que ele não sabia de onde vinham, cujo sentido reconhecia com espanto. Quando acabava estendia-se sobre a cama onde se abandonava a uma alheia satisfação. Esse estado confundia-se com sonhos e acabava por adormecer.

 

Quando só há duas pessoas no mundo ainda não existe o amor. O amor é demasiado exigente. O amor faz com que pareça que só existem duas pessoas no mundo, tu e eu e mais ninguém, o que é muito diferente.

 

Queria ficar toda a noite contigo para te contar a minha vida inteira.

 

...embora todos os homens, todos, te quisessem beijar.

 

Vais encontrar o teu terceiro homem e esquecer para sempre os dois únicos que te beijaram.

 

em Quase Gosto da Vida que Tenho

música: Várias de John Pizzarelli

publicado por Strelitzia5 às 16:01
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.Strelitzia (*)


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.pesquisar

 

.Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
20
22
23

25
26
27
28
29
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. quote.

. "No teu deserto", Miguel ...

. Será?

. Frases Agenda Paulo Coelh...

. Endings.

. Excerto de "New Moon" que...

. Quotes

. Excertos de Pedro Paixão

.tags

. todas as tags

.links

SAPO Blogs