Quarta-feira, 21 de Julho de 2010

Sobre almas gémeas

 

 

Fico feliz. Num flashback, lembro-me do que senti quando o conheci. Da nossa história. De todas as vezes que ele adivinha os meus pensamentos. Da nossa cumplicidade total. Na forma como comunicamos só com o olhar. Mas também em como, tantas vezes, os nossos gostos e opiniões divergem. Dulce Regina explica que são esses os indícios que marcam a diferença na relação entre almas gémeas. É o que a torna especial e única. «As almas gémeas não têm de gostar das mesmas coisas. O importante é a essência, porque os dois espíritos têm a mesma índole. Não é fácil encontrar a alma gémea na Terra. E nem sempre elas ficam juntas», revela. «Mas no seu caso, se isso aconteceu, foi porque ambos mereciam. Espero que saiba reconhecer a importância disso. Ele também já foi seu marido noutras vidas, mas não soube valorizá-lo. Não se reconheceram, nem reconheceram as qualidades um do outro. Por isso, nesta vida vieram para dar valor um ao outro e permanecer juntos. A vossa relação é muito saudável, mas tem de ter consciência que deve ser sempre realista. O que geralmente atrapalha a relação entre almas gémeas é a energia negativa dos outros, porque a ligação que se gera entre elas desperta muita inveja.» Porque a ligação espiritual é eterna, mas as almas gémeas podem "desviar-se". Num casamento, por exemplo, pode haver ruptura. Isto acontece quando o outro não reconhece a sua alma gémea. Aconselha-me a ajudá-lo a procurar o equilíbrio. Porque estamos juntos para ajudar à evolução um do outro.

 

1-Como posso reconhecer a minha alma gémea?

R: O que fica registado no encontro de duas almas gémeas é a emoção no momento desse reconhecimento. Se tem um sentimento muito forte em relação a alguém, possivelmente é a sua alma gémea. Quando acontece o encontro, a sensação é de que existe um só coração e uma só consciência.

 

2-Todas as pessoas encontram a sua alma gémea?

R: O objectivo das almas gémeas não é ficar fisicamente juntas na terra, mas se isso acontece, é sinal de que os dois espíritos estão em sintonia e já podem viver essa experiência aqui na Terra. Mas o mais importante não é encontrar, mas sim permanecer com ela.

 

3-Qual é a diferença entre a alma gémea matriz e a alma gémea companheira?

R: A alma gémea matriz é a outra metade. A alma gémea companheira é um dos 11 espíritos que se desmembraram, cada um deles com a sua própria alma gémea, todos fazendo parte da mesma centelha cósmica. Com a alma gémea a energia é muito mais forte, porque os espíritos estão em sintonia e um complementa o outro. Entre as almas gémeas companheiras a relação não é tão profunda.

 

4-Quem pode ser a minha alma gémea?

R: Não tem necessariamente de ser um marido, pode ser um filho, um pai, um irmão...

 

 

(mais em Revista HAPPY, edição de Março 2010)

 

 

 


publicado por Strelitzia5 às 02:08
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Séduire femme a 22 de Julho de 2010 às 09:12
a sua alma gêmea é a pessoa que te entende sem que você tenha que falar. uma pessoa que possa apoiá-lo a qualquer momento. uma pessoa que dá tudo sem exigir nada em troca.


De Strelitzia5 a 22 de Julho de 2010 às 15:53
é tudo isso e muito mais... Por vezes é difícil distinguir a tal alma gémea, defendendo q ela existe, das pessoas por quem sentimos amor ou q sentem amor por nós. O amor tb nos pode oferecer todas essas coisas, embora, ao contrário da alma gémea, seja transitório e efémero... É difícil não achar q a pessoa q amamos de presente seja a nossa alma gémea, queremos sempre acreditar que o é.

Obrigada pela visita e pelo comentário :)


De S. a 9 de Agosto de 2010 às 09:31
Tu acreditas mesmo nisso?
É que há uma coisa neste assunto que me perturba imenso.
Quer dizer, imagina que existe mesmo uma alma gémea, «o tal». Por que raio haveria de ser português ou espanhol e não sérvio, marroquino, camaronês?
E o que pode levar-nos a crer que viremos a conhecer essa pessoa, dentre os muitos milhões de pessoas que habitam a face da Terra...?
A perspectiva não é muito animadora...
Para mim, a coisa prende-se com compatibilidade. Haverá por aí muita gente compatível connosco. Temos sorte se encontrarmos uma pessoa que o seja...


De Strelitzia5 a 23 de Agosto de 2010 às 23:11
Concordo plenamente contigo!
Há várias maneiras de ver a coisa.
Sim, de uma perspectiva menos exigente e mais realista, prende-se apenas com compatibilidade. Mas se só essa chegasse... É preciso muito esforço e dedicação quando as coisas deixam de ser tão cor-de-rosa. Acho q tb tem muito a ver c o tipo de pessoa c quem somos compatíveis, deve ter os mesmos valores q nós, pelo menos no que toque ao estar lá para nós e ser maduro o suficiente para levar a relação até ao fim...


Comentar post

.Strelitzia (*)


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

 

.Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
20
22
23

25
26
27
28
29
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Lendo...

. REVOLTANTE

. Sobre almas gémeas

. Biblioteca de Verão - Diá...

. True Blood

. ...

. ...

. Adriana - "em contramão"

. "Neumond"

. "Lost"

.Guest List

.tags

. todas as tags

.links

.facebook

SAPO Blogs