Domingo, 8 de Junho de 2008

Os mestres dizem...

 

 

 

«... porque a amo, e amo-a por isso. Porque quem ama nunca sabe o que ama, nem sabe porque ama, nem o que é amar. Amar é a eterna inocência, e a única inocência é não pensar.» - Alberto Caeiro

 

«Não! Não pode mais meu coração

Viver assim dilacerado

Escravizado a uma ilusão

Que é só desilusão

 

Não posso esquecer o teu olhar

Longe dos olhos meus

Ai, o meu viver

É de esperar

Pra te dizer adeus.»

- Vinicius de Moraes

 

«Não voltará - o que dele me ficou é como no Inverno entre cortinas de chuva: um tímido fio de sol - ilumina, mas não aquece.» - desconhecido

 

Tão abstracta é a ideia do teu ser

Que me vem de te olhar, que, ao entreter

os meus olhos nos teus, perco-os de vista,

e nada fica ao meu olhar, e dista

Teu corpo do meu ver longemente,

E a ideia do teu ser fica tão rente

Ao meu pensar olhar-te; e ao saber-me

Sabendo que tu és, que, só por ter-me

consciente de ti, nem a mim sinto.

E assim, neste ignorar-me a ver-te, minto

À ilusão da sensação, e sonho,

Não te vendo, nem vendo, nem sabendo

Que te vejo, ou sequer que sou, risonho

do interior crepúsculo tristonho

Em que me sonho o que me sinto sendo.

- Fernando Pessoa, 12/1911

 

 

Tudo quanto é beleza tu conténs

E quanto de amor há, que o tem nela,

No indefinido sentimento dela:

Tudo isso há em ti, tu és e manténs.

 

A vida com seu vago   bens

e o mundo de consciência que revela

tudo se inclui em ti, inda que se vela

o não poder-te ter, tudo que tens.

 

Amo-te por amar-te desprezando-me

E o meu desprezo fere o meu amor

Dum sentimento tão total de dor

 

Que a dor pode ser um sentimento, dando-me

Mais sentir, faz-me mais sentir no querer-te

no não poder querer poder obter-te.

- idem

 

Não sei quantas almas tenho. Cada momento mudei. Continuamente me estranho. Nunca me vi nem achei. De tanto ser, só tenho alma.

- ibidem

 

Dum filme («Dreamer»): Minha grande campeã, quando corre o chão estremece, o céu abre-se, e meros mortais abrem o caminho para a vitória. Quando me encontrar no círculo dos vitoriosos, vou pôr um cobertor de flores nas tuas costas.

 

 

 Não reza, porque vive tão perto de Deus, que não precisa de se lhe dirigir.

- Luís Sttau Monteiro, em 'Felizmente Há Luar!'

 

sinto-me:
música: Both Sides Now - Joni Mitchell

publicado por Strelitzia5 às 18:47
link do post | comentar | favorito
|

.Strelitzia (*)


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.pesquisar

 

.Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
20
22
23

25
26
27
28
29
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Lendo...

. REVOLTANTE

. Sobre almas gémeas

. Biblioteca de Verão - Diá...

. True Blood

. ...

. ...

. Adriana - "em contramão"

. "Neumond"

. "Lost"

.Guest List

.tags

. todas as tags

.links

.facebook

SAPO Blogs