Quinta-feira, 4 de Setembro de 2008

«Um sinal de ti»

 
 
 
 
Saudade.
O teu perfume.
Do teu cheiro que já conheço.
Conheço-o e já o sei de cor
Como sei de cor o mar
Azul
À minha frente neste momento
Aqui donde estou, donde o vejo
Da varanda
Em que escrevo e leio e oiço
As músicas
Que gostas,
E que eu gosto de algumas porque
Tu gostas delas (todas).
 
Não sei de cor a tua voz
Esqueço-me dela
Podias gravá-la nessas músicas.
Mas reconheço-a sempre que te oiço
Sei como ela é
Como sei que o céu desta noite é também ele azul.
Muito escuro. Mal vejo o que escrevo.
Já viste esta lua?..
Dizem ser um eclipse.
Está branca e não está branca.
Aparece e desaparece.
Não sei a sua real forma. Não sei o que ela é hoje.
É um enigma, um mistério. Como nós.
Saudades de nós. Mesmo não sabendo o que somos ou se o somos.
Espero um sinal de ti.
Novamente aqui, agora, esta noite.
Sempre agora. Espero a toda a hora.
Responde-me.
A ausência dos teus sinais magoa, sufoca, entristece, desvitaliza-me lentamente.
E tenho medo disto.
Por favor que não sejas mais uma dor fracassada…
És tu!
Telepatia. Sorrisos meus.
Porque não me dizes tudo logo de vez?
O tempo é tão pouco…
E já passou outro tanto sem ti.
 
 
16.08.08
sinto-me:
tags: ,

publicado por Strelitzia5 às 20:08
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Raquel a 8 de Setembro de 2008 às 21:57
Sem palavras... Muito, muito bonito! =)*


Comentar post

.Strelitzia (*)


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.pesquisar

 

.Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
20
22
23

25
26
27
28
29
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Lendo...

. REVOLTANTE

. Sobre almas gémeas

. Biblioteca de Verão - Diá...

. True Blood

. ...

. ...

. Adriana - "em contramão"

. "Neumond"

. "Lost"

.Guest List

.tags

. todas as tags

.links

.facebook

SAPO Blogs